H O M E      L O O K S     M O D A     B E L E Z A      L I F E S T Y L E      V Í D E O S      A N U N C I E


       

03 outubro 2012

Dica de Saúde: É errado não querer menstruar?

 
Oi gente!
 
A dica de saúde de hoje é na verdade dúvida de várias mulheres e tema de discussão entre diversos médicos. Eu também tive essa dúvida há alguns anos quando resolvi parar de menstruar  pois sofria demais com meu ciclo. Muitas mulheres optam por isso em decorrência das cólicas terríveis, do excesso de sangramento, da TPM, stress, enfim, fatores  que incomodam, atrapalham e deixam qualquer uma irritada, algumas MUITO irritadas mesmo! hahaha 
E para falar sobre esse tema chamei o Dr. Danilo Germano, médico ginecologista, que prontamente me enviou um material completo capaz de sanar todos nossos questionamentos a respeito.
Mas e aí...
 
É ERRADO NÃO QUERER MENSTRUAR?
 
 Antes de se discutir qualquer mérito a este respeito devemos entender, o que é a temida, comentada e até mesmo (por que não?) ansiosamente esperada menstruação.
Toda menina recém ingressada na puberdade sabe que todo mês, independente de sua vontade ocorre um sangramento genital. Toda mulher sabe, através de seus cálculos e dos sintomas prévios, o período em que vai apresentar este sangramento. A menstruação propriamente dita, nada mais é que um fenômeno natural, do final do ciclo, cerca de 12 a 16 dias após o dia fértil, decorrente da queda brusca da produção hormonal ovariana. Devido a esta queda brusca da atividade hormonal que influenciava o desenvolvimento de uma ovulação e preparava o útero para receber um óvulo fecundado, ocorrem alterações vasculares na porção mais interna do útero chamada endométrio. Tais alterações culminam com o sangramento menstrual, que pode demorar de 2 a 10 dias, dependendo de cada organismo (bem como sua intensidade e sintomas associados).
Esta queda brusca da produção hormonal ovariana traz também alguns sintomas indesejados, como a famosa cólica menstrual e a infame e indesejada TPM. Assim, além de sangrar neste período, a mulher ainda experimenta sintomas desagradáveis, como dor, ansiedade, depressão, stress e indisposição. E este seria o ciclo menstrual normal de qualquer mulher que não fizesse uso de nenhum contraceptivo hormonal.
Para as mulheres que fazem uso de anticoncepcionais cíclicos (aqueles que apresentam sangramento), esta “flutuação” hormonal, ovulação e preparação do útero para uma eventual gravidez simplesmente não acontecem. A mulher que faz uso de contraceptivos apresenta um tipo de sangramento chamado de sangramento de privação, no qual ela sangra por interromper o fornecimento da dose diária de hormônios presentes no contraceptivo. Desta forma, todas aquelas alterações hormonais descritas anteriormente, não acontecem, assim como também acontecem com muito menos intensidade os sintomas relacionados à TPM e à menstruação.
Na mulher que usa a pílula (ou outro método combinado/cíclico), não se pode dizer que ocorra menstruação, apenas um sangramento pela falta de hormônio no final do período de ação do contraceptivo. Desta forma, chegamos à grande questão: É errado não querer menstruar e fazer uso de métodos contínuos, sem ciclagem?
Se pensamos que, ao usar qualquer contraceptivo, não está mesmo ocorrendo menstruação, mas sangramento de privação, NÃO! Se realmente não se desenvolve nenhum espessamento endometrial (aquela preparação para “hospedar”uma gestação) com o uso de pílulas ou outros métodos que não proporcionem sangramento, não se “produz”nenhum sangue dentro do útero, que precise ser “extravasado”: NÃO! Não é preciso menstruar!
Se levamos em consideração todas as alterações de humor, a cólica do período menstrual, a presença diária do sangramento, o uso contínuo de absorventes (que podem acabar irritando peles mais sensíveis): NÃO! A mulher não está errada em não querer menstruar.
E, diferentemente do que se pensava no tempo de nossas avós e bisavós, o fato de não menstruar não acarreta nenhum efeito ruim ao organismo a longo prazo, muito menos causa infecções no útero ou se chega a um estado de cegueira ou loucura por não menstruar!
Hoje dispomos de vários métodos, por via oral, subdérmica, injetável ou por meio de um mecanismo semelhante a um DIU, que proporcionam à mulher a escolha de ter a proteção contra uma gestação indesejada e ainda optar por não menstruar. E, para muitas, esta é a melhor forma de ter mais qualidade de vida, vendo-se livre da famigerada TPM...
A mulher tem, portanto, o direito de querer ou não querer menstruar e, ao optar por interromper temporariamente (sem prazos definidos) a sua menstruação, não está colocando sua saúde, ou mesmo sua fertilidade futura em risco. E cabe a ela, tão somente a ela, fazer esta escolha junto com seu ginecologista.
Dr. Danilo Germano.
CRM/SC 18167
 
Gostaria de agradecer ao Dr. Danilo pelo artigo, com certeza ajudou muito!
 
 
E ai meninas, gostaram da dica de saúde de hoje?
 
Beijokas.
 
Lú.
 
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Nossa, Lu, amei o post! Veio em ótima hora! Me tirou varias dúvidas! Obrigada :*

    ResponderExcluir
  2. Esse assunto é mesmo mto interessante, eu ainda não tive coragem de parar. Mas já tirei algumas dúvidas com o artigo. Parabéns pelo post Lu. beijinhus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigada vizi, que bom que ajudou!!!
      beijinhosss

      Excluir

Deixa um comentário, vai ❤

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...