H O M E      L O O K S     M O D A     B E L E Z A      L I F E S T Y L E      V Í D E O S      A N U N C I E


       

19 maio 2014

Assista: BLACKFISH

Oi gente, como foram de findi, tudo bem?

Ontem a noite fui assistir o tão falado documentário sobre as baleias Orca, também conhecidas por baleias assassinas e sobre os parques Sea World e a verdade é que estou em choque! Vocês precisam assistir pra entender como é cruel a vida daquelas baleias fora do seu habitat natural. 


Confesso que quando fui a Orlando mês passado até me passou pela cabeça dar um pulo no Sea World pra ver o que tinha mudado por lá, a última vez que fui ver o "Shamu Stadium" foi em 1999, eu tinha 14 anos na época e lembro de ter ficado impressionada com a beleza das baleias. Mas a verdade é que nunca havia parado para analisar o quão cruel é a vida delas por lá... 
Com toda a estrutura dos parques Sea World você acaba pensando que o cuidado com os animais e a segurança dos seus treinadores é critério de primeira importância, o que pelo visto não ocorre... E como na maioria das coisas hoje em dia, o dinheiro, poder e os negócios tomam a frente de valores fundamentais como o respeito a vida!
Já foram registradas inúmeras mortes com ataques nos parques, a mais comentada e foco do documentário foi em 2010 de uma experiente treinadora morta pela famosa baleia Tilikun, que já havia matado outras duas pessoas e que continua sendo a principal atração usada nos shows do Sea World até hoje. Pasmem!
Como explicar esses ataques? Simples, querer que um animal que passa uma vida toda preso, sofrendo maus tratos, não se revolte ou enlouqueça em algum momento de sua vida, é pedir demais. Por mais que eles criem um vínculo de carinho e amor com os treinadores, o stress do dia a dia, a rotina de exercícios, a falta de comida (Sim, muitos deles passam fome pra aprender determinadas coisas) são apenas alguns dos fatores que podem resultar em trágicos acidentes. Com certeza as baleias não desejam fazer aquilo, mas em um momento de raiva o instinto fala mais alto e a possibilidade de um ataque existe! A Tilikum é, ainda hoje o principal macho reprodutor dos parques, uma baleia que tem o sêmem avaliado em milhões de dólares, obviamente sendo a razão pela qual eles a matem fazendo shows mesmo depois de ter matado 3 pessoas. O risco é eminente e a tragédia anunciada, contudo, os milhões recebidos com os shows fazem com que os processos sejam longos, os casos mal resolvidos, pouco divulgados e que até as pessoas que trabalham nos parques acreditem na inocência dos mesmos, e no fato de que "aquela vida" seja o melhor para as baleias.
Há mais de 30 anos o parque temático fez expedições para retirada das baleias Orca da natureza e as introduziu num ambiente estranho, vivendo prisioneiras e fadadas a conviver com outras baleias que não são da sua família. Pra quem não sabe, as baleias Orca são uma espécie de mamíferos das mais inteligentes que existem no mundo. Estudos realizados apontam que elas são extremamente sociáveis, possuem uma comunicação por línguas, vivem sempre em clãs familiares e tanto quando um ser humano, a fêmea pode chegar aos 100 anos e os machos em média 60 a 70 anos. Nos parques eles MENTEM descaradamente dizendo que elas vivem de 30 a 35 anos, pra explicar as mortes tão prematuras nos seus tanques. Sério, inacreditável ver a barbaridade que ainda está acontecendo nos dias de hoje!
Enfim, vejam o documentário! Foi um choque pra mim que com certeza nunca mais vou dar dinheiro pra sustentar esse tipo de negócio do mal encoberto por uma atmosfera infantil, alegre e familiar!!!

Ps: Pra quem é adepta do Netflix, o filme já está disponível lá.

Beijos,

Lú.

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Luana, assisti recentemente pelo Netflix e fique CHOCADA tambem! Nunca imaginaríamos o que elas passam mesmo! beijosssssssssssssssss Ritha Capelato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmm, todo mundo que vê não acredita. Fiquei muito triste mesmo!!!
      bjoossssss

      Excluir

Deixa um comentário, vai ❤

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...