H O M E      L O O K S     M O D A     B E L E Z A      L I F E S T Y L E      V Í D E O S      A N U N C I E


       

09 setembro 2014

Diário de Viagem - Bas

Oi gente!!!

Pra finalizar o "Diário de Viagem" com diquinhas das minhas mini férias vou falar um pouco sobre Buenos Aires. Bom, minha estadia por lá foi rápida, porém, bem intensa. Deu pra fazer bastante coisa! hehe Guia Vapt Vupt bora conferir!?

O hotel: Escolhemos o hotel boutique Esplendor Plaza Francia, que fica na Recoleta para o fim de semana. O hotel é pequeno, não tem muitos serviços, mas é super bem localizado e ao meu ver, no melhor bairro da cidade. O quarto é bom e o decór contemporâneo lindo! Como não iríamos parar dentro do hotel, optamos por algo mais em conta e compacto. Pra quem pretende ficar mais dias na cidade, um hotel com mais serviços, tipo cozinha 24h, restaurantes, é mais indicado. Esse só tem o café da manhã mesmo.
Na sexta- feira quando chegamos deixamos as malas no quarto e fomos procurar um restaurante nas redondezas do hotel para almoçar. Para nossa surpresa um dos melhores shoppings da cidade, o Patio Bullrich ficava à 3 quadras do hotel, já aproveitamos para bater perna e analisar o ambiente de consumo, kkk As lojas mais cabaninhas estão por lá, mas como a Argentina toda está numa crise lascada, muitas grifes estão indo embora do país. A loja que mais comprei pra ser sincera, é uma que sou apaixonada e não via a hora de conhecer pessoalmente, a Rapsodia. Produtos diferentes bem boho que não encontro com facilidade aqui. 
À noite tocamos para Palermo, escolhemos o peruano Sipan para jantar (pra quem ama Ceviche é o local certo!) e terminamos a noite no barzinho "cool" da cidade, o Isabel. Ninguém estava afim de balada grande, mas acabou que o "bar" se transformou numa baladinha com Dj e tudo, chegamos estava meio vazio, de repente LOTADO. E o melhor, era ao lado do restaurante, colado porta com porta mesmo.


No sábado já fui bater perna logo cedo! Andei por toda famosa avenida Alvear, onde se encontram hotéis lindos, lojas como a Hermès, por exemplo, e dezenas de galerias de arte. Depois fomos para o centrão (entre Av. Florida e Córdoba) conhecer as Galerias Pacífico (shopping maravilhoso que vale a pena só pelo lugar, bem no estilo italiano com aqueles tetos pintados no estilo Renascentista) e novamente caímos em Palermo para o almoço, local da vez bem conhecido pelos brasileiros: o La Cabrera. Depois do almoço, voltamos para centro para andar pois queríamos ir na maior Zara da cidade, a de 4 andares e chegando lá tivemos uma bela decepção. A Zara quase sem produtos, na recessão total, 2 andares já estavam fechados, os vendedores desanimados, sério, constatação geral da crise, as marcas estão mesmo saindo da Argentina, aos poucos mas estão.
No jantar partimos para Porto Madero, o local com os melhores restaurantes reunidos e aquele visu, o Bice, que tem filiais em Nova York, Chicago, San Diego, Santiago, Dubai e por aí vai, foi o escolhido da vez! E posso falar? Melhor restaurante que fomos em toda viagem, todos os pratos perfeito, atendimento sensacional, lugar lindo, tudo perfeito! Vale a pena!


Dominguera e último dia (meu vôo era segunda cedo), e depois de muito vinho acordamos mais tarde. Eu e Rapha deixamos a galera dormindo no hotel e ainda fomos bater mais perna. Cemitério da Recoleta, igrejas, lojinhas (eu viajando sou bem turista mesmo, gosto de fuçar em tudo que dá, kkk). Depois do café (ali perto do hotel mesmo, em frente a Plaza Francia se encontram os tradicionais cafés da cidade) eu fui para Feirinha de Antiguidades de San Telmo com um casal de amigos, e o Rapha preferiu voltar para o hotel e dormir mais. Já aproveitamos e fizemos pontos turísticos como a Casa Rosada, Igreja Metropolitana, etc. Combinamos de nos encontrar para o "almojanta" em Porto Madero e ficar por lá até a noite! Nosso último almoço na cidade também foi o melhor de todos no Cabana Las Lilas.


E assim foi! Minhas impressões sobre BAs: muita história mal conservada, a cidade está suja e violenta (assaltos corriqueiros no centrão da city) e, apesar de terem me tratado muito bem, alguns do nosso grupo se estressaram com taxistas mal educados e gente ignorante, que faz questão de implicar por sermos brasileiros. Enfim, acredito que gente assim  se encontra em qualquer lugar, de qualquer forma, no geral a viagem foi ótima, e a maioria dos hermanos solícitos! Se pretendo voltar? Com certeza, mas vai demorar um pouco pois agora a meta é conhecer outros países vizinhos... Chile, Perú, Uruguai ou Colombia?
Acho que já sei...rs!

Beijos e aguardem o próximo diário!

Lú.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa um comentário, vai ❤

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...